CVENTURES PRIMUS

O Fundo Primus I iniciou suas atividades de investimento em 2013, como iniciativa de Venture Capital Squad dedicada essencialmente para empresas de base tecnológica na região Sul do Brasil. O fundo foi administrado inicialmente por um consórcio de duas empresas de Venture Capital: CRP, tradicional casa de Growth/Private Equity com sede em Porto Alegre/RS e CVentures, braço de Venture Capital da CERTI Foundation, com sede em Florianópolis/SC. 

 

Fundada em 1984, a Fundação CERTI é uma das instituições de pesquisa e desenvolvimento mais referenciadas da América Latina. Com mais de 300 funcionários, a maioria altamente tecnificada, a CERTI atua em inovação e empreendedorismo por meio de projetos de consultoria direcionados a grandes corporações, nacionais e multinacionais. Nas últimas décadas, a Fundação desenvolveu todo um conjunto de iniciativas direcionadas ao aprimoramento do ecossistema de inovação de Florianópolis/SC. Exemplos importantes ​​compreendem a primeira incubadora brasileira (CELTA), o maior programa de mentoria e investimento para Startups do Brasil (Programa Sinapse da Inovação), a mais premiada aceleradora brasileira (Darwin Startups) e, finalmente, o maior parque tecnológico da América Latina (Sapiens Parque).

 

Após um acordo de parceria com a CERTI, a equipe da CVentures iniciou uma nova jornada profissional como executiva da Catarina Ventures Squad, dentro da estrutura da Catarina Capital. A equipe permanece responsável por todas as principais atividades da Primus, reportando-se a Investidores de referência, que incluem IFC, BID, CAF, FINEP, FIEP e diversos investidores privados. O Primus I possui 15 empresas investidas, a maioria delas focada em negócios SaaS B2B, também com exposição para negócios em Ciências da Vida e modelos B2C. O fundo encerra seu período de desinvestimento em 2023.

 

PORTFÓLIO

logo asaas novo.png
Logo Exact Sales
logo Hi Platform
logo Wevo
logo Sensor Web
logo Salux
logo umov-me
logo Neoprospecta
logo aLavadeira
logo Checkplant

ASAAS

FUNDADORES
Piero Contezini
Diego Contezini

Plataforma de tecnologia que fornece uma solução automatizada de pagamento e engajamento de clientes para pequenas e médias empresas. A Asaas oferece a solução B2BC para emissão de notas fiscais e controle de pagamentos via boleto, cartão de crédito ou débito, além de possibilitar o pré-pagamento de recebíveis, notas fiscais emitidas pelo governo (NFe), pagamentos de contas e cartão de crédito pré-pago.

www.asaas.com.br

bw-asaas.jpg
 

DESINVESTIMENTOS

Hiper - Logo.png
InTaxi Media_fundo branco.png
Hariken - Horizontal.png
portfolio-10_edited.jpg

HIPER

FUNDADORES
Piero Contezini
Diego Contezini

Empresa de tecnologia que fornece sistema de informação de ponto de venda para soluções de médio e pequeno varejo. Fundada em 2012, a empresa desenvolve um sistema de vendas e PDV que permite alta produtividade, compliance, monitoramento de estoque de produtos e controle financeiro. A empresa vendeu para o Grupo Linx em 2019.

www.sistemahiper.com.br

bw-hiper.jpg

SECUNDUS FUND

A Catarina Capital contribui para o estudo e implementação de práticas para o desenvolvimento de um mercado secundário direcionado à cadeia de Venture Capital na América Latina. A Iniciativa Secundus concentra-se, primeiramente, em acordos de club deals secundários para scaleups de base tecnológica, visando empresas com perspectiva real de fusão & aquisição no médio-prazo. A Catarina Capital valida as premissas de avaliação e os termos de negociação entre as partes, preenchendo uma lacuna essencial de facilitação de movimentos de liquidez em investimentos de Venture Capital. 

 

Com o aumento do volume de operações, fortalece-se a perspectiva de amadurecimento da iniciativa para construção de um Fundo de Investimento dedicado ao mercado secundário de Venture Capital. Trata-se de uma iniciativa geradora de liquidez para diversos agentes no setor, dentre eles:

  • Fundos de Investimento em Venture Capital em momento de finalização ou postergação de seus respectivos períodos de desinvestimento; 

  • Aceleradores, Investidores-Anjos e Fundos de Capital Semente que buscam operações de cashout entre rodadas em suas investidas;

  • Executivos dispostos a liquidar Stock Options adquiridos no trabalho junto a empresas de tecnologia de referência.